NOHTAS (Porque se Millôr pode, eu também posso).


>> Skins é e continuará sendo (pelo jeito que gossip girl e malhação nos mostram) o melhor seriado sobre adolescentes tarados e drogados da história da humanidade. Como todos fomos algo de tarados e drogados, se exclua de estar fora dessa e corra pra ver a segunda temporada, que sim, está mil vezes melhor do que a primeira, que é freudástica, e chegue logo ao episódio sete, mais conhecido como EFFY, que é mais conhecida pra mim como a melhor personagem e atriz do seriado. Ela é linda, e não fosse só isso, interpeta bem pra baralho (ou ninguém iria querer dar o oscar pra ela, caso o prêmio realmente tratasse dos melhores, só porque ela levou o personagem dela sem falar uma palavra se quer na maior parte da primeira temporada? eu quereria!) e protagoniza o melhor episódio de skins evá, (com sotaque britânico que é pra não desrespeitar o seriado) . Véio, vai ver SKINS agora antes que você morra e descubra que no além tem TV mas não tem energia e internet ainda não chegou lá.

>> Eu vejo Gossip Girl çim! E axo que as pessoa devia ser menas preconceituósa im relassão a essa série, qui afinal das contas é super intélijente! OK... é só pra dizer que a série apesar de todos os seus defeitos (eu sei pessoal, pode parar de malhar), tem uma fotografia legal e bem aproveitada de Nova Iorque... só isso. E o episódio 15 foi legal! Mas não vou falar mais porque sei que minha reputação vai deixar de existir se o parágrafo ficar muito grande.

>> Li que a HBO aqui no Brasil estréia essa semana IN TREATMENT, um seriado que passa 5 dias por semana (peraê, mas isso não é novela? Não amigos, isso é HBO!) e que basicamente acompanha um terapeuta em suas sessões com quatro pacientes diferentes, e nas sessões que ele tem com sua espos, porque todo mundo que se interessa pelo menos um pouco por psicologia sabe que na teoria todo analista tem que ser analisado (eu, por minha vez, creio que essa regra os caras invetaram pra não deixar de ter clientes). Enfim, o seriado é só isso, sessões, sem memórias, nem acompanhamento do que acontece depois que o paciente sai do consultório até a próxima sessão, o mundo da série é no consultório. A idéia parece chata pra você? Pois, pareceu curiosa pra mim, fui checar, e a curiosidade já me rendeu 3 episódios baixados e uma vontade imensa pra continuar vendo. Não vou falar muito pra não estragar, mas sabe aquelas séries que realmente te deixam viciados? APOIS...
Depois eu falo mais da série aqui, porque, não só a primeira temporada rendeu 43 episódios, como renderá muitos posts aqui no blog!

>> Brothers And Sister me irrita, mas eu não consigo deixar de ver. Alguém com a solução pra esse problema? O negócio é mais ou menos o seguinte, eu baixei uma porrada de episódios pra ver com minha irmã quando descobri a série e me interessei nos primeiros episódios. Acontece que a série é uma mistura de Laços De Família (sim, a novela) com The West Wing (e você me pergunta, como assim?), ou seja, cerveja... São personagens muito massa, com diálogos engraçados, dentro de uma infinidade de clichês. É tanto clichê feito do mesmo jeito que TODOS OS PERSONAGENS fixos, repito, TODOS, estão envolvidos em traições de alguma forma. Você pode achar que o mesmo tema pode ser tratado de forma diferente, mas, uma família com seis filhos, e todo mundo ter corneado ou sido corneado é demais né? Só que todo episódio acaba tendo aquele momento, eu realmente gosto de tal personagem, e por esses, eu não consigo abandonar a série.

>> Não consigo dormir, acho que vou ver outro episódio de SKINS enquanto baixo outro episódio de IN TREATMENT! :D

1 comentários:

Myrianna Coeli disse...

Caracas Mateus, como te disse vc tem potencial e é muito bom no que faz. Adorei esse post, muito doido, quase fiquei sem fôlego, mas adorei!!!!
te adoro!!

 
Design by Wpthemedesigner. Converted To Blogger Template By Anshul .