Irina Palm

Essa semana assisti junto com os outros queridos podcasters "Irina Palm". O filme conta a história de uma senhora de aproximadamente 50 anos que procura uma forma de ganhar dinheiro pra ajudar no tratamento de seu netinho que está entre a vida e a morte. O problema é que ela já passou da idade pra "arrumar" trabalho e só encontra uma vaga em um bordel. Pois é! Mas, não pensem que a pobre senhora vai ficar dançando seminua ou fazendo streep não. Na verdade, ela é contratada para masturbar homens através de um buraco na parede. No início ela reluta, mas pensa no neto que precisa do dinheiro. Depois ela começa a se acostumar e o mais engraçado é quando ela tenta decorar o "ambiente de trabalho".

Fica a dica pra vocês assistiriem este filme que eu gostei muito, apesar dos outros colegas não terem se entusiasmado tanto assim.

É muito interessante perceber que mesmo em sua quietude e aparente tédio, a personagem principal consegue mostrar que mesmo em um trabalho tido como não digno, ela consegue se encontrar e, sutilmente, ela sai da apatia. A atriz não precisou recorrer a recursos dramáticos muito explícitos para mostrar tristeza, raiva, angústia, vergonha... A sua aparente tranqüilidade consegue transmitir esses sentimentos. Com isso, o filme acaba ficando com um tom bem mais leve, apesar de ser uma temática que mexe com nossos limites: até onde iríamos pra conseguir ajudar uma pessoa que amamos?

O filme é uma boa pedida pra quem quer assitir um drama que não é muito tenso, mas que não deixa de ser interessante. Só fica um alerta: quando o filme acabar vai ser difícil lavar as mãos...

O site oficial você acessa clicando aqui!

bjú!

Até a próxima!

;)

3 comentários:

Taty Macoli disse...

ah, Mateus gostou, eu q achei médxio... É um bom filme infame. rsrsrsrsr

a apatia da mulher me irrita. Ela pra mim não passa nada, só apatia mesmo. =P

E explique melhor esse negócio de não poder lavar as mãos... O q é que vvão pensar da gente?????
huahahauhahauh

=*
Taty =)

Mateus Cardoso disse...

Então, eu até gostei, achei inclusive "comicuzino", mas não seria o tipo de filme que eu alugaria pra ver com os amigos em casa :P.

Já estava com saudade das suas postagens tia!

Chêro pra todo mundo que passa aqui nos comentários do telacast. :P

Luciana disse...

Oi gente!
Também vi esse filme e apesar de não ser um filme americano da moda kkk, eu gostei muito.
Além do preço convidativo né... Vale a pena ver sim!

 
Design by Wpthemedesigner. Converted To Blogger Template By Anshul .