O final tão temido se aproxima.


Uma ambulância explode matando várias pessoas; um helicóptero cai em hospital matando um cirurgião frustrado, pois recentemente havia tido seu braço arrancado por um helicóptero. E ainda houve quem falasse “o que foi que esse homem fez a um helicóptero na vida passada?”, ou alguma coisa assim... Mãe bipolar que inferniza a vida da filha alcoólatra; médico rico que não desiste da medicina mesmo quando a medicina lhe falha. Sem esquecer, é claro, do doce pediatra briguento... e já é óbvio que estou falando de “E.R.”, um dos melhores seriados que eu já vi.

Seus personagens são tão humanos que acabam mostrando uma verdade desconhecida pela maioria, mas, pra quem já trabalhou em hospital como eu, sabe que é sempre assim: correria sempre e vida social já era! Mas, ao mesmo tempo, o lugar de toma de um jeito que não há um dia em que você consiga chegar em casa sem a terrível sensação de que podia ter feito algo mais, ou que você esqueceu de fazer alguma coisa, mesmo tendo deixado o seu local de trabalho duas ou quatro horas além do seu horário.

Os médicos, em sua maioria, se acham os semi-deuses e isso é irritante pra quem tem que lidar com essas criaturas, mas o pior disso é que com o tempo você começar a achá-los de fato semi-deuses, não por fazerem milagres, mas porque na sua cabeça médico não adoece, médico não morre. Por isso quando você vê a ginecologista e oncologista morrendo de câncer de mama, você se perde ao ponto de querer desistir e deixar que o destino tome conta da sua vida, afinal, se ela não conseguiu impedir... imagine então, nós pobres mortais.

E é essa sensação de desconforto absoluto, a sensação “não um de nós” que a 15ª temporada de E.R. acaba nos causando. Ainda não vi tudo, mas até agora está sendo uma excelente temporada final de um belo seriado que tanto já me emocionou e , tenho certeza, que não só a mim.
Té mais.
=)
Taty

4 comentários:

Fernando Ribeiro disse...

Viva,

O Ante-Cinema e o Hotvnews querem celebrar o final de um ano cinematográfico que teve, como não poderia deixar de ser, tanto bons como maus filmes. Assim sendo, queremos que vocês elejam uma lista com os vossos 10 preferidos para os melhores e piores filmes do ano de 2008. Além disto ainda vos pedimos o seguinte:

- Eleição do Filme Surpresa de 2008
- Eleição do Filme Desilusão de 2008

Para saberem como participar vão a:

http://ante-cinema.blogspot.com/ ou http://hotvnews.com.pt/

Cumprimentos.

Daniel Herrera disse...

Não li direito... não gosto de ER. :P
Eu sei, meu comentário foi muito útil, hahaha.

o/

Taty Macoli disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

só tu Daniel!

Myrianna Coeli disse...

ER é um seriado que me faz chorar em quase todos os episódios, principalmente agora que eu sei que tá terminando e é pra sempre.

 
Design by Wpthemedesigner. Converted To Blogger Template By Anshul .