Domingos de Pitangas - Coisas que eu filmaria.

Boa noite !!!

Nós aqui com mais um “Domingos de Pitangas” e acabo de voltar da peça “A Mar Aberto”, escrita e dirigida por Henrique Fontes (escreveu também “O Tempo da Chuva” e “Pobres de Marré”). E definitivamente isto seria algo que eu filmaria. A peça conta a história de um velho pescador, que tem seus princípios rudes e tradicionais enraizados e que se vê tomado por um amor jamais imaginado e que pra ele é “coisa do demônio”. Mesmo sendo um homem, a primeira vista, ríspido, se transforma num verdadeiro poeta, perturbado por suas aflições, medo, mas acima de tudo pelo amor.
Tecnicamente falando, esta obra foi genial em sua simplicidade. O minimalismo regeu o cenário, a iluminação e o figurino, em contrapartida ao mínimo desses elementos tivemos o máximo das atuações. O protagonista, o capitão José Hermilio (Doc Câmara), que foi inspirado no personagem principal do livro Grande Sertão: Veredas, trouxe ao palco o puro desejo, livre dos moldes pré-estabelecidos pela sociedade, o resto do elenco também não ficou pra trás. Um simples movimento corporal se integrava com um som, que se aliava a luz e assim por diante, o que resultou em uma obra que vale a pena ser apreciada.

É isso gente, a pra quem ainda não viu, a peça faz sua última apresentação no próximo sábado às 20:00 na Casa da Ribeira. Vale a pena ver e me dizer se vocês também filmariam esse espetáculo.

Bjokas.
Débs.
=)

3 comentários:

Myrianna Coeli disse...

era só no que eu pensava qd via a peça pela segunda vez. Mas tive medo. pq ela é incrível, se eu fosse adaptá-la meu amior medo seria tirar exatamente a profundidade dela.

Taty Macoli disse...

muito linda mesmo!

mas eu me acho... tenho certeza q eu conseguiria adaptá-la. kkkkkkkkkkkkkkk

placa de sarcasmo!

Capitão disse...

Gente, é muito bom saber que o nosso trabalho tenha chegado tão perto de vocês, adorei esse nosso contato! Beijos!!!

 
Design by Wpthemedesigner. Converted To Blogger Template By Anshul .