Os queridinhos dos diretores de cinema



Todo mundo já deve ter reparado que existe diretor de cinema que tem seus atores queridinhos e parece que em todo filme esses têm que aparecer, não é mesmo? Pensando nisso, lembrei de pelo menos cinco diretores que tem esse costume, digamos assim. Devem existir muitos outros, mas aí vou deixar a responsabilidade para vocês completarem essa lista nos comentários deste post, ok? Aproveitem para assistirem os filmes que ainda não viram. Tem ótimas dicas nessa lista!

Para começar vamos com dois novaiorquinos que gosto bastante: Woody Allen e Martin Scorsese.

1. Martin Scorsese: nasceu em 17 de novembro de 1942 e já lançou mais de 20 filmes em toda sua carreira que iniciou em 1666 com o curta-metragem "What's a Nice Girl Like You Doing In a Place Like This" com pouco mais de nove minutos.




Se formos observar a filmografia de Scorsese iremos perceber que existem dois atores com quem trabalhou mais de uma vez: Leonardo DiCaprio e Robert De Niro.


O ator americano De Niro trabalhou nos seguintes filmes: Táxi Driver(1976), New York, New York (1977), Touro Indomável (1980), Os Bons Companheiros (1990), Cabo do Medo (1991) e Cassino (1995).



Já Leonardo DiCaprio protagonizou os filmes Gangues de Nova York (2002), O Aviador (2004) e Os Inflitrados (2006), sendo este ganhador do Oscar de melhor diretor, o único da carreira de Scorsese. O filme Shutter Island que tem estréia prevista para fevereiro do ano que vem no Brasil também será estrelado por DiCaprio. Os dois já estão trabalhando em um novo projeto: o filme The Rise of Theodore Roosevelt que está em fase de pré-produção e tem previsão de chegar às salas de cinema apenas em 2011.

Em janeiro do ano que vem Martin Scorsese receberá o Prêmio Cevil B. DeMille por sua carreia cinematográfica. Atualmente possui mais de cinco projetos em desenvolvimento segundo o site IMDB.

2. Woody Aleen: Nascido em 1º de dezembro de 1935 no Brooklyn, este diretor tem um ator bastante recorrente em boa parte de seus filmes: ele mesmo! De mais de 40 filmes, atuou em 29, pelas minhas contas. Além dele, que bateu todos os records, teve outras atrizes queridinhas. Com umas se casou e com outras nada se sabe.



A primeira, Diane Keaton, grande musa dos trabalhos de Woody Allen e com quem teve um romance, estrelou os seguintes filmes com sua direção: Men on crisis: the Harvey Wallinger story (1971), O Dorminhoco (1973), A última noite de Boris Grushenko (1975), Noivo Neurótico, Noiva Neurótica (1977), Interiore (1978), Manhattan (1979), A Era do Rádio (1987) e Um misterioso assassinato em Manhattan (1993). Ela ganhou seu primeiro Oscar justamente por sua atuação em Noivo Neurótico, Noiva Neurótica.



Sua segunda musa foi a atriz Mia Farrow com quem foi casado durante um longo período e com quem fez 13 filmes: Sonhos Eróticos numa Noite de Verão (1982), Zelig (1983), Broadway Danny Rose (1984), A Rosa Púrpura do Cairo (1985), Hannah e suas Irmãs (1986), A Era do Rádio (1987), Setembro (1987), A Outra (1988), Crimes e Pecados (1989), Contos de Nova York (1989), Simplesmente Alice (1990), Neblinas e Sombras(1991) e Maridos e Esposas (1992).



Atualmente parece estar interessado no trabalho de outra atriz, Scarlett Johansson que já participou dos filmes Match Point – Ponto final (2005), Scoop – O grande furo (2006) e Vicky Cristina Barcelona (2008).

3. François Truffaut: diretor francês, um dos responsáveis pelo movimento cinematográfico conhecido como Nouvelle Vague, nasceu em Fevereiro de 1932 e faleceu em Outubro de 1984.



Em boa parte de seus filmes trabalhou com o ator francês Jean Pierre Léaud desde que este tinha 14 anos, interpretando o famoso personagem Antoine Doinel no filme Os Incompreendidos de 1959. Além deste filme, protagonizou ainda seis filmes deste diretor, sendo que destes, quatro foram interpretando o mesmo personagem em idades diferenciadas (óbvio!). São eles: Amor aos Vinte Anos (1962), Beijos Proibidos (1968), Domicílio Conjugal (1970) e O Amor em Fuga (1979). Os outros dois filmes que o ator participou com outros personagens foram: As duas inglesas e o amor (1971) e A noite Americana (1973).

4. Pedro Almodóvar: outro diretor que tem musas inspiradoras é Almodóvar, diretor espanhol que nasceu em 24 de setembro de 1949 na Espanha e já tem mais de 30 filmes realizados. O mais recente é Los Abrazos Rotos que estréia este ano no Brasil. Dentre as atrizes com quem ele já trabalhou destaquei duas: Carmen Maura e Penélope Cruz, sua atual queridinha.



Carmen Maura ficou conhecida, principalmente, por seus trabalhos com o diretor espanhol. Os filmes que participou foram: Pepi, Luci, Bom y otras chicas del montón (1980), Maus Hábitos (1983), Que fiz para Merecer Isto? (1984), Matador (1986), A lei do Desejo (1987), Mulheres à beira de um Ataque de Nervos (1988) e Volver (2006).



Atualmente é a atriz Penélope Cruz quem tem a preferência nos filmes de Almodóvar e, acredito eu, foi a paritir de seus filmes que ela conseguiu explorar seu potencial enquanto atriz. É só comparar os filmes em que ela trabalhou com o espanhol e os filmes ditos hollywoodianos. Os filmes em que a parceira Cruz/Almodóvar se deu foram: Carne Trêmula (1997), Tudo sobre Minha Mãe (1999), Volver (2006) e Los Abrazos Rotos (2009).

5. Tim Burton: E por último deixei o diretor que talvez seja o mais conhecido por ter uma parceria quase que eterna com atores específicos. O diretor americano nasceu em agosto de 1958 e já dirigiu mais de vinte filmes. Destes seus atores queridinhos são Helena Bonham Carter e Johnny Depp.



A atriz inglesa Helena Bonham Carter atuou em Peixe Grande e suas Histórias maravilhosas (2003), A Fantástica Fábrica de Chocolate (2005), A Noiva Cadáver (2005), Sweeney Todd: o Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet (2007) e Alice no País das Maravilhas (2010).



Já o ator americano Johnny Depp participou, além dos filmes citados acima, dos seguintes: Edward Mãos de Tesoura (1990), Ed Wood (1994) e A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça (1999).


Se você gostou da lista e quer acrescentar alguma coisa ou apenas fazer a sua própria  lista aproveite o espaço dos nossos comentários logo abaixo, ok?

bjú

Obs.: Uma correção: Johnny Depp não participou de Peixe Grande, ok? (Informação adicionada dia 18/11/09 às 23h45).

=)

10 comentários:

Myrianna Coeli disse...

Uma correção: Johnny Depp não participou de Peixe Grande, ok?

=)

Fernando disse...

Depp e Helena Bonham Carter também "estão" em A Noiva Cadáver!

=]

Nekas disse...

É interessante como muitos dos trabalhos dos realizadores sejam com mulheres que se envolveram pessoalmente assim como Tim Burton e Bonham Carter que ainda permanecem juntos...

Abraço
http://nekascw.blogspot.com/

Anônimo disse...

A Helena Bonham Carter é também esposa do Tim Burton :P

Dá pra fazer também a relação de Spielberg com o Shia Lebeouf.

Anônimo disse...

Tim Burton e Depp tb. foram parceiros em : "A Fantástica Fábrica de Chocolate" e " Alice no pais das maravilhas"

Myrianna Coeli disse...

Fernando - Realmente a dupla Tim Burton e J. Depp é na verdade 1 triângulo. Boa parte dos filmes a Helena tb está lá.

Nekas e Anônimo - Se é pq os diretores t~em alguma coisa com as atrizes aí eu não sei dizer. Burton e Helena são casados, mas apesar disso, ela tem a estética necessária para seus filmes, assim como o Depp. independete de nepotismo, ela é ótima, não é mesmo?

bjks!

Myrianna

Nekas disse...

Sim Carter é de facto boa actriz e é dotada do noir e obsurismo que Tim Burton necessita nos seus filmes...

Abraço
http://nekascw.blogspot.com/

Amanda de Paula disse...

Sou completamente fascinada por esse trio , burton-carter-depp *_*' meus queridinhos haha

Myrianna Coeli disse...

O trio é ótimo mesmo. Nós acabamos com esse blog, se vc quiser continuar lendo textos deste tipo eu tô com um novo: http://natocatem.com.br

bj

Anônimo disse...

Helena Bonham Carter tbm fez Planeta dos Macacos de Tim Burton.

 
Design by Wpthemedesigner. Converted To Blogger Template By Anshul .