Dança e cinema. Duas paixões em um só pacote!

Hoje certamente não se fazem musicais como nos anos 30, 40 e 50 do século passado (sinta-se velho!), e eu sei que esse blog é sobre cinema e série, e não cinema e dança. Mas uma parceria que há tanto tempo faz filmes de sucesso, e não apenas isso, mas bons filmes também, deve ser relembrada e porque não, apreciada.

Eu, como já falei no post anterior, estou fácil e me vendendo por qualquer coisa, mas esse vídeo encontrado no blog Diário de Bordo do Pablo Villaça (o cara que massacrou Fim dos Tempos, mas foi massacrado no nosso podcast que entra aqui no blog amanhã, não percam de forma alguma), vale muito e é extremamente encantador, bem orquestrado e completamente bem coreografado.



O filme é The Band Wagon de 1953 (rebatizado aqui no Brasil como Roda da Fortuna), dirigido por Vincente Minnelli, e estrelado por Fred Astaire e Cyd Charisse. Nunca vi o filme, mas agora estou doido pra ver. Sempre prometo pra mim mesmo que irei alugar mais filmes de Astaire, até hoje acho que só assisti a 2 ou 3 (uma vergonha pra quem gosta tanto de dança), mas vou tentar me redimir. E, fale sério, imagine o trabalho que dá montar uma cena dessas, o movimento de câmera tem que dançar junto com os atores, e qualquer falha, de qualquer bailairino figurante pode atrapalhar o resto da cena toda. Observem ainda que os cortes feitos, são magistralmente montados e quase não são percebidos. Freaking Genius!

1 comentários:

Ricardo [DIVERSITÀ] disse...

Eu recomendo "Sol da meia-noite". Filme bem redondinho atuado pelo GRANDE Mikhail Baryshnikov (sic).

Aliás, sinto que o mundo está melhorando, né? Se Mateus começa a falar mal de Pablo Vilaça, existe esperança dele começar a não gostar de Crash.

rá!

=)

 
Design by Wpthemedesigner. Converted To Blogger Template By Anshul .