Grandes Irritações

Eu nunca fui muito fã de Os Normais, até um amigo me emprestar todas as temporadas e eu consegui gostar bastante de alguns episódios perdidos no meio da série. Mas algumas piadas não funcionam nunca, e algumas situações são tão sexualmente forçadas que dão raiva. Mesmo assim, os atores são ótimos, e a esquizofrenia do universo dos normais é bem legal. E foi com Os Normais que Fernanda Young, e seu marido Alexandre Machado começaram a ficar nacionalmente conhecidos, como os autores do seriado. Aí depois vieram Os Aspones, que é tipo a melhor comédia já realizada na televisão brasileira. Com Selton Mello protagonizando a história dos funcionários malucos de uma repartição pública que não servia pra nada, o elenco era fenomenal, e aí eu comecei a realmente respeitar o casal de autores que também escreveu junto esse seriado.

Hoje, pesquisando o trailer do novo filme do Selton Mello, A Mulher Invisível, acabei caindo numa conta do YouTube que tem vários vídeos dum programa que passa na GNT (e eu nunca tinha visto, porque não tenho a GNT no meu super pacote com 60 canais de TV a cabo, no qual apenas 7 ou 8 deles realmente valem a pena serem assistidos, e 30 ou 40 são coisas do tipo, TV Leilão de Vaca, TV Clipes árabes muito toscos, ou TV programas de auditórios italianos muito muito toscos e tal) o programa chama Irritando Fernanda Young, e é apresentado, obviamente, por ela mesma, eu até já tinha ouvido falar no programa, mas nunca me interessei de ir atrás, como não achei o trailer do filme, fui ver os vídeos do programa. Daí que a primeira entrevista que eu vi foi a do Selton Mello, e assim como as outras entrevistas que ele dá, ele também está com cara de quem acordou agora ou de quem está chapado e não fala muitas coisas interessantes (mas eu perdôo porque afinal de contas ele é o cara e pode se chapar o quanto quiser) mas o bom mesmo foi o programa e seu formato, Fernanda Young é completamente doida, apresenta super bem, faz perguntas muito a ver de acordo com cada convidado que ela leva (tipo, como eu viciei geral, já assisti umas 10 entrevistas, e até entrevistando Sandy ela consegue deixar o programa legal), além das interrupções constantes que o programa sofre, seja da produção, de situações irritantes protagonizadas por Fernanda ou de quadros muito idiotas como a participação do internauta, que basicamente é alguém mandando alguma música idiota pra irritar a apresentadora, ou algum áudio muito estúpido como um trote telefônico muito velho e sem graça (que irrita mesmo).

Vale a pena ver o esquema todo, até porque é um dos poucos programas de entrevista bem-humoradas que não parte para a descambação como todos os da MTV que fazem questão de mostrar toda a produção, e fazer de conta que ninguém cuida do que está fazendo. E também não quer ser Jô Soares que de tão artificial cansou no seu formato, e depende de bons entrevistados para fazer graça. Pena que eu não tenho o canal, mas pode procurar no YouTube que acha facinho. Pra quem nunca viu, eu indico fortemente a entrevista com a Fernanda Torres, é massa.

Agora vou me irritar mais um pouco, esperando outras partes do programa demorarem uma eternidade pra carregar com a minha internet que acha que é banda larga.

P.S.: Meu sonho é voltar pro Podcast. Mas a diretora está com sérias barreiras em relação a mim. Se alguém puder interceder nessa situação constrangedora, eu agradeço. Tô aceitando de tudo, desde dinheiro emprestado pra suborná-la, até um comparsa pra seqüestrá-la, trancá-la num depósito em Caicó e colocar uma peruca longa e preta pra se passar por ela depois. Agradecido.

1 comentários:

Sheylliane disse...

Querido,
Não sei se você merece uma segunda chance. Mas,estou analisando seu caso com bastante carinho...

Contudo, se faço isso é porque você tem um rostinho bonito e quem sabe ainda posso te agenciar para trabalhos escusos. Hahahhahaha (risada maquiavélica)

Sheylliane Butterfly, a melhor diretora/produtora do universo.

 
Design by Wpthemedesigner. Converted To Blogger Template By Anshul .