Motivos para ver Top Chef


Ontem a aula de Cenografia terminou cedo e cheguei logo em casa. Estava morrendo de fome e não tinha nada para jantar. "Meu Deus! E agora?" Achei pamonha na geladeira e peguei um pedacinho pra mim.

Como é de costume, sentei em frente a TV e comecei a apreciar aquela deliciosa comida típica nordestina. Enquanto isso fui trocando de canal. Primeiro coloquei no 47 (Warner) e estava passando Gossip Girl, "não! não combina com esta pamonha!". Troquei pro 49 (Sony) e tava passando Top Chef. "Opa! Deve dar certo, apesar de não entender nada de gastronomia e ficar boiando o programa inteiro. Vamos dar uma chance!" Pois num é que foi bom!!! Num sei se foi a pamonha ou se foi o episódio que foi massa!!!

Reality Show é uma coisa, né? Você só se satisfaz quando tem briga, confusão... brincadeirinha. O episódio que eu vi ontem até teve briga e teve gente que saiu por causa disso (não vou dizer quem foi, vejam a reprise neste sábado às 11h). Mas, não foi isso que fez com que eu gostasse do episódio e que me deu vontade de acompanhar os dois últimos episódios do programa. Vou listar aí abaixo alguns dos motivos e vejam se concordam comigo ou vejam se dá vontade de ver:

1- Os desafios são bem legais, especialmente os desafios rápidos. Nesse episódio (Sense and Sensuality) um chef francês, se não me engano, pediu pra que os tops chefs fizessem um prato com chocolate e, por incrível que pareça, teve um deles que fez uma trufa de chocolate com fígado!!! (eca!!!!!!).

2 - Os foras dos juízes são massa! Nesse mesmo episódio o Chef convidado disse, em outras palavras, que a doidinha lá que esqueci o nome (acho que é Eliais) tinha feito um prato horrível, degradante.

3- A subjetividade da comida. Cada participante fica responsável por um prato que será servido em um jantar para convidados. Dessa vez, eles tinha que preparar um cardápio para casais, ou seja, deveriam explorar a sensualidade da comida e favorecer um clima romântico para os clientes. Então, comida e sentimento, uma coisa bem estranha para minha pobre ignorância gastronômica, mas é isso mesmo que acontece!

4 - A organização dos pratos. É incrível como eles conseguem organizar aquela "ruma" de ingredientes e deixar cada prato parecido com um quadro abstrato contemporâneo. Comida como arte, interessante de se ver, apesar de que eu nunca comi nem nunca ouvi boa parte daqueles alimentos.

5 - Se nada disso ajudou e nem deu vontade de ver o programa vou te dar um motivo bastante interessante: Sam!!! Just Sam!!! Ele é um dos participantes e é muito gato!!! Não precisa falar mais nada, não é mesmo? O pior é que além de lindo ele é muito criativo e concentrado na competição, ele é bem certinho, é fofo!!! rsrsrsrsrs. Já viram que não vou perder um episódio mais, né?

Então, espero que vocês se divirtam com este programa tanto quanto eu me diverti ontem à noite.

Simmmm... A pamonha? Coitadinha, ficou deprimida porque não estava nas mãos de uma top chef e acabou se resumindo a uma simples pamonha apreciada durante os primeiros minutos de um programa de TV. Mas, vou tentar esse final-de-semana umas receitas pra ver se eu tenho alguma chance de ser top. Ô sonho!

bjú

;)

1 comentários:

Mateus Cardoso disse...

Ahá! Eu sabia que ia chegar sua hora de se encantar com TOP CHEF... A única coisa chata é assistir aquilo tudo, com fome, e sabendo que depois vai ter que aturar um pão com manteiga apenas.

Mas a gente gosta!

Chêrão!

 
Design by Wpthemedesigner. Converted To Blogger Template By Anshul .