One Tree Hill - Season Finale - SPOILERS

Faz tempo que One Tree Hill não tem um episódio tão bom quanto os das primeiras temporadas...Mas, não se enganem, este de longe é um episódio bom.
Eu até me pergunto: porque ainda vejo esta série? Sei lá, viu! Acho que é o meu lado fútil que gosta de séries teens que me faz persistir e esperar episódios bons como os de antigamente; ou pode ser o pequeno Jamie (eu amo aquele menino, é tão fofinho!)... Enfim, mesmo sem saber o que me atrai tanto na série, vamos à season finale, que tem SPOILERS, mas acho que todo mundo já viu esse episódio, né mesmo?

Resumindo: Clichê, clichê, clichê e muito mais clichê. Gente, o que foi tudo aquilo? virou novelão mesmo? Vamos aos pontos negativos (que foram muitos, na minha humilde opinião, é claro):


1. Peyton não morre. Pois é, me desculpem os fãs, mas Peyton virou uma chata!!! Aquela voz, como se a boca tivesse sempre cheia de saliva, porque aquilo? Lógico que ela sofrendo horrores nas temporadas anteriores já tinha enchido o saco, mas ela totalmente feliz não é o mesmo personagem da 1ª temporada! Sinto falta da pseudo revoltada, decidida e dark Peyton de antigamente. Se não tivessem reconfigurado ela totalmente, acho que tudo seria muito melhor. Ela conseguiu estragar o personagem do Lucas que eu adorava!


2. Lucas está sem sal, como vem demonstrando nos últimos episódios. Depois que ele voltou pra nova Peyton, ficou tudo muito sem graça.

3. O nome da bebê (Sawyer) é muito sem noção. Mas, tem um quê de legal quando ficou Sawyer Brooke Scott. Aí sim, eu gostei um pouquinho do nome da coitadinha da filhinha deles. Ela vai sofrer com esse nome, mas pelo menos poderão chamá-la de Brooke Scott, como sempre deveria ter sido kkkkkkkkk.


4. Por falar em Brooke... Não gostava da personagem dela na 1ª temporada, mas depois que ela voltou com Lucas (o que eu achei forçado e foi) eu me apaixonei pela personagem e de lá pra cá sempre achei que Lucas era muito mais legal ao lado dela e ela também. Pena que os atores casaram e se separaram e forçaram o fim do relacionamento dos dois na série e Lucas voltou para Peyton. Assim, Brooke tinha que arranjar alguém e esse papo dela ficar toda deprê, pra baixo, não é coisa da Brooke Davis que a gente conhece. A relação dela com o Julian foi totalmente forçada pra ela não ficar sozinha, mas ainda bem que eles se acertaram. Não aguentava mais o lenga-lenga.

5. E Mouth? Gostava muito dele, mas ele está totalmente deslocado nas histórias. Hoje é um personagem totalmente apagado e que não acrescenta em nada na trama. Nem vou falar da namoradinha dele que me recuso a lembrar o nome.


6. E pra completar: aquelas "sábias" palavras no final do episódio puramente auto-ajuda! Parecia o lance do Filtro Solar de Pedro Bial. Um saco! One Tree Hill já foi de citar escritores famosos, clássicos e consagrados, agora tá na bobagem de auto-ajuda?!! Parte o meu coração.

Bem, acho que é isso. Mas, o episódio também teve os seus momentos legais, não foi tão ruim quanto faz parecer os meus comentários e minha revolta:


1. A cena em que vão aparecendo, ao lado de Lucas no hospital, todos os amigos dele e de Peyton. Clichê, mas foi bonitinha. Gostei! Mas, venhamos e convenhamos, o Julian aparecer ali foi totalmente sem graça.

2. Pra quem não sabia do final do episódio (eu já sabia), foi até legalzinho o roteirista dando entender que Payton tinha morrido, mostrando Lucas sozinho com a bebê, foi legal. O lance que estragou, foi a Peyton ter sobrevivido.

3. O bebê é muito lindo!!!

4. Adorei Karen ter retornado à série para esse episódio! Adoro a personagem dela.


5. Enfim o Nathan conseguiu entrar para a NBA. Sinceramente, eu pensei que ele tinha sido demitido. O roteirista, realmente me surpreendeu. Foi muito legal ele contando pra Haley e, principalmente, pra o cute Jamie. Adoro essa família e toda a história dela. Sinceramente, acho que o motivo de continuar vendo a série é pra ver a história deles se desenvolver.



6. E pra fechar, o momento redenção de Dan com o treinador Whitey (saudades imensas dele) foi até legal. Tô com pena do Dan, por incrível que pareça. E a redenção da mãe de Brooke também foi bem legal, meus olhos até encheram de lágrimas, não vou mentir. kkkkkk

Pra resumir mais uma vez, o episódio deveria ter sido assim: Peyton morreria e Lucas ficaria sozinho tendo que cuidar da bebê. Brooke iria ajudá-lo e os dois acabariam ficando juntos. Sei que é clichê, mas pelo menos é um clichê melhorzinho. Na família de Nathan e Haley tudo poderia continuar do mesmo jeito. Sam voltaria pra Brooke. E, Mouth seria transferido pra NY e não apareceria mais em One Tree Hill.


Sei que os fãs da série vão me odiar por esse post, mas é que eu amava essa série e ela, apesar de alguns comentários pela net, tá muito distante do que ela já foi um dia. Mudaram a essência de 4 dos 5 personagensprincipais: Lucas ficou sem sal, e como me fazem falta aquelas narrações dele que deram origem ao seu famoso livro e as citações de grandes escritores; Brooke virou uma solteira coitadinha e chorona ao invés da doce e forte Brooke de antigamente, mas tenho que adimitir que neste último episódio ela deu a volta por cima ao assumir seu amor por Julian e ao abraçar sua mãe depois de tudo que já sofreu por causa dela (essas atitudes sim, são de Brooke Davis); Payton, como eu disse antes, ficou uma mulher com uma voz tediosa e totalmente sem vida...; Deveriam ter seguido os passos de Natahn que deu uma guinada no personagem, sem deixar de ser a mesma pessoa.

Mas, apesar das coisas ruins que vieram acontecendo ao longo dessa temporada. Tenho que dizer que, tirando a parte de auto-ajuda do final e os clichês, este seria um bom episódio para uma series finale. Todas as histórias, todos os sonhos estão ali realizados, chegaram a uma conclusão. Isso é muito legal! E também foi necessário, pois como já foi noticiado em todo canto, os atores que interpretam Peyton e Lucas não retornam para a sétima temporada. Mas, nem me desespero, muito ainda vai rolar com Brooke, Skills, Dan e a família Scott que é a mais linda da TV. Ou vocês acham que Haley iria ser a única a não realizar seus sonhos? Muita coisa vai sair dessa relação entre a busca do sonho de voltar a cantar e Nathan na NBA. Pelo menos é isso que espero. E pra Brooke, espero mais ousadias e que a Sam volte pra casa dela. Seria perfeito as duas e o Julian juntos. Vejam abaixo o cartaz promocional da 7ª temporada. Brooke vai dominar!


Bem gente, esse post foi mais um desabafo do que uma análise sobre o episódio. Mandem seus comentários e, sempre lembrando, essas são apenas as minhas opiniões. Todos têm direito às suas, independente de ser concordantes ou não com as minhas. Viva a diversidade e a tolerância!

Pra quem quiser mais fotos do último episódio é só clicar aqui.

bjú

Myrianna

0 comentários:

 
Design by Wpthemedesigner. Converted To Blogger Template By Anshul .