Flash Forward 01x03 "137 Sekunden"



O último episódio exibido de Flash Forward mostra o Agente Benford (Joseph Fiennes) indo até a Alemanha para tentar descobrir, através de um preso nazista, o motivo de o apagão ter durado 2 minutos e 17 segundos, ou 137 segundos.

Foi bem legal apesar de que eu esperava que Mark fosse correr atrás de informações que relacionassem Charlie e D. Gibbons e assim sabermos o que ela realmente viu. Mas, isso não foi nenhum problema pra mim não. A história foi bem interessante e o final, como sempre, foi bem assustador.

Na verdade, esse episódio foi bem provocativo e colocou contra a parede as milhões de teorias que já surgiram depois das duas primeiras partes dessa temporada. Até agora sabíamos que todos tinham apagado totalmente por 137 segundos com exceção do carinha do estádio em Detroit e de D. Gibbons e todos que desmaiaram tinham tido uma visão do seu futuro, uma visão do dia 29 de abril de 2010. Até aí tudo bem. Mas, nesse episódio tudo isso foi jogado pra cima e nossas certezas foram embora.

Primeiro temos a visão de Dimitri, ou melhor, a sua não visão que indica que ele provavelmente estará morto e ele recebe uma ligação muito estranha confirmando que ele será assassinado em março de 2010. Porém, sua noiva tem uma visão dos dois casando na praia. É verdade que em nenhum momento da visão dela vemos o Dimitri. Como teremos certeza se eles vão ou não se casar?




Aaron, padrinho de Mark, está com um dilema desde o dia 06/10. Sua filha foi morta na Guerra do Afeganistão, porém em seu flash forward ela estava viva e sendo resgatada por ele. Com esperanças de revê-la ele faz a exumação do corpo, mas para sua tristeza o corpo daquela cova era, realmente, de sua filha. O que siginifica então a sua visão?

Além disso soubemos que a esposa do chefe de Mark viu uma criança que ela ainda não conhece chamando-a de mãe. No final do episódio, quando estavam na solenidade em homenagem aos agentes mortos no dia do apagão, ela viu a tal criança, provavelmente uma órfã do caos do dia 06 de outubro.




E pra completar os inúmeros questionamentos neste episódio, ficamos sabendo que em 1991 algo semelhante aconteceu na Etiópia e, pelo que pareceu, apenas um menino viu o ocorrido. Quem será ele? Será o rapaz que aparece na solenidade do FBI? Por que ele ficou acordado? E, mais: porque os corvos morrem em massa? E o que é aquilo no céu? Um OVNI, uma fumaça tóxica... Sei lá! Só sei que fiquei muito mais curiosa e a série me ganha a cada episódio.

Além dessas perguntas ainda não sabemos as respostas de outras deixadas pelos episódios anteriores: o que causou esse apagão? O que Charlie viu? Quem é o homem do estádio? Quem é D. Gibbons? Quantas vezes isso já aconteceu e quantas ainda irão acontecer?

E vocês, o que acharam do episódio e o que acham que está acontecendo? Vocês já têm alguma teoria? Seriam Aliens ou algum experimento científico?

bjú e até o próximo post! Por enquanto fiquem com o promo de Black Swan que vai ao ar no dia 15 de outubro.



2 comentários:

Adelson (TD Séries) disse...

Olá, Myrianna!

Estou adorando isso de Flash Forward vir com fatos novos que colocam em dúvida tudo o que imaginamos até aquele momento.

A cena do "blackout" anterior foi excepcional. A cena em si foi simples, mas feita com uma competência que me deixou estarrecido. Terá sido esse o primeiro "blackout"?

Fico na expectativa pelo próximo episódio!

Myrianna Coeli disse...

Com certeza! Muito bom a forma como eles estão construindo a trama. Tb tô adorando.

Valeu pelo comentário!

=)

 
Design by Wpthemedesigner. Converted To Blogger Template By Anshul .