Top: Absurdos em seriados.

Antes de qualquer coisa, quero deixar claro que sim eu entendo que seriados são fantasias e que não devemos levar tão a sério... É tudo mentira mesmo! Eu sei, eu sei... Mas, gente alguns absurdos ultrapassam todos os limites. Tem coisa que é estranha até pra realidade da própria série... Então, vamos lá!





5º Fringe: Como diz D. Edite: “não vamos matar, vamos ixpricar” então alguém “pelo amor da vaca” me explique o que é todo aquele primeiro episódio de Fringe! É um absurdo atrás do outro... Esse não tem nem como citar. É pegar a pipoca, sentar e rir...

4º TBBT: a mãe de Raj é um homem? Porque ele não fala com mulheres... E ele fala com ela, logo... BAM! Ela é um homem!

3º V : tá que eles falam inglês com os terráqueos, afinal, em seriados, quase todo terráqueo fala inglês, mas, entre eles, por que eles não falam Visitês, hein?

2º Glee: uma série mais leve... E, apesar de ser pra adolescente, ser um musical, meio drama, meio comédia, se engana quem acha que aí não tem absurdo. Só tem! E com perdão do roubo da piada do coleguinha Fernando Palhano, temos: o filho de testemunhas de Jeová que teve educação domiciliar e não percebeu que não pode ser o pai da criança que a namorada está esperando. Assim... Finn, querido, aquilo que sai do seu brinquedinho é esperma... não, não são ninjas samurais ou filhos do Jackie Chan capazes de fazer “todo um rolé” na banheira e depois irem parar no lugarzinho correto!

1º Lost: na verdade, mas precisamente “a roda de Lost”. Não que a ilha em si não fosse um absurdo de tanta fantasia... iagens no tempo, ursos polares, mas, até para o nível de maluquice dessa série, girar uma roda e com isso mudar uma ilha de lugar foi demais. Essa passou para o nível vergonha alheia.


Eu quis fazer um top 5, mas gostaria também de fazer uma menção honrosa para a mais recente série inglesa “Misfits”. Novinha, novinha, mas já com pérolas muito boas pra gente. Pessoal, o que raios foram aqueles raios (com perdão do péssimo trocadilho) que atingiram os “os vândalos em recuperação”, hein? E o pior: o que raios foram aquelas poses de Power Ranger no ar? Ou seria Digimon?

Fico por aqui e se você discorda da minha lista deixe aqui a sua! Vou adorar rir lembrando dessas ótimas pérolas da TV. =)

Beijos

Taty

9 comentários:

Hugo disse...

Eu assisti a primeira versão de "V - A Batalha Final" produzida nos anos oitenta e achei a história interessante. Agora como foi transformada em série, ficaria extremamente complicado criar uma linguagem específica para os visitantes.

Quanto a roda de "Lost", vejo apenas como mais uma solução diferente para o que acontece na ilha. Quem esperar "verdade" nesta série não irá encontrar, ela é fantasia pura e com qualidade.

Até mais.

Taty Macoli disse...

ahahahah

não Hugo... eu tou brincando. kkkkk

eu sei q não tem como eles criarem uma linguagem própria... E que Lost é a maior viagem e, ainda assim, eu gosto muito! =)

esse top foi só pra descontrair. =)

Anônimo disse...

O que disseste sobre o TBBT é ridiculo..
O que a personagem tem é um problema psicologico selectivo, o que o impede de consigar falar por mulheres, mas pelas quais se sinta atraido ou deseje uma relaçao, de forma a que o deixe intimidado.
Logicamente a mae, familiares mais proximos e outros, nao se enquadram.
Esse é um estado medico de psicologia bastante conhecido, e que acontece com imensas pessoas, embora nao necessariamente a vergonha de mulheres claro.
Ha a mudez selectiva por varios motivos (este caso), ha a cegueira selectiva (casos de trauma psicologico), etc..

shooot disse...

Acrescentando o que o anônimo acima falou, Raj já disse que não consegue falar com mulheres atraentes, e nem com homens afeminados atraentes! Tudo é uma questão de assistir melhor a série

Myrianna Coeli disse...

Gente, pelamordedeus. Claro que esse post é só uma brincadeira! Vamos levar as coisas mais na esportiva...

=)

Ricardo Martins disse...

Lost é incrível e totalmente bem feito! Esse idéia quem não acompanha a série, deve achar absurda, mas ao ver a tal cena, que se surpreende... se surpreende!

Adoro demais LOST!
Mas sei que o texto é uma leve brincadeira, não?!

abraço

Carlos_Magnum disse...

A questão é que o post além de totalmente parcial, é muito mal aprofundado, mal elaborado, mal escrito e equivocado.

Fernando disse...

Concordo com tudo o que Carlos_MAgnum falou aí em cima...

O Cara da Locadora disse...

Eu não acompanho muitos seriados, mas vejo Lost e sou daqueles que vai te encher o saco, rs... Na verdade, acho que você não pegou muito bem a "roda de lost", não é beeem mudar a ilha de lugar... acho que você deveria rever, rs..

Abraços...

 
Design by Wpthemedesigner. Converted To Blogger Template By Anshul .