As DICAX, a qualidade de vida, e a Meire.

Então, pra quem está por fora das nossas DICAX... Elas são um dos momentos mais aguardados por todos no podcast e agora ganharam um lugar especial aqui no blog. Na verdade, um não, três lugares: um meu, um de Taty e outro de Myrianna. Cada um de nós agora tem um blog específico pra escrever sobre nossas dicas da semana. As dessa semana foram muito legais, se eu fosse você eu lia todas (e a minha ficou imensa, portanto, se você ler ela toda, ganha um doce, mas tem que me recitar ela toda de cor. simples assim).

Mas assim, se você se pergunta o por que das nossas dicas serem mais que dicas, serem na verdade, DICAX, eu te explico agora.

Quando eu estava no segundo ano do ensino médio (e há quem afirme que isso foi um dia desses), uma nutricionista chamada Ruth Lemos deu uma entrevista pro jornal hoje que foi um tanto quanto memorável (e se você nunca ouviu nem falar na famosa entrevista do Sanduíce-iche, eu te aconselho urgentemente um almanaque abril do ano passado, porque mais desatualizado, só a galera daquela tribo de índios que nunca fez contato com a funai, e a bem da verdade, sorte deles!), e na tal entrevista, a Nutricionista recifense avisa que: (forte sotaque Pernambucano agora) "Vai estar dando DICAX, sobre uma alimentação, alimentação saudável-ável, que ofereça-cereça uma melhoria na qualidade de vide-de-vide da pópólação-ação". E se você está achando bizarro demais, eu refresco sua memória:




Pra completar o quadro, esse semestre durante uma ótima aula que começou 13:00 e só iria acabar às 15:40, e a professora não estava muito aí pra turma, ela solta a seguinte pérola: "É bom vocês estarem preparados para ajudar as pessoas na profissão de vocês, porque afinal de contas, todo mundo precisa de dicas." Pronto, foi o suficiente pra termos certeza que as DICAX eram não apenas boas, mas necessárias.

Além da entrevista com Ruth Lemos ter feito minha vida mais rápida, mais jovem mesmo, e da tal doutora ter me dado razão pra rir durante meses toda vez que alguém lembrava da situação, também me deu razão pra criar as gírias mais toscas 2008, do mundo. E as nossas DICAX cinematográficas-áfricas vem daí mesmo. Nossa mais pura intenção é de orientar o bom cinema para as mais de vinte mil pessoas que passam por aqui todos os dias (!), e melhorar a qualidade de sua vida! Daqui a pouco a gente volta com mais informações, mas vou chamar a Meire por enquanto: MEIRE!

0 comentários:

 
Design by Wpthemedesigner. Converted To Blogger Template By Anshul .